Que levante a mão quem caiu na pegadinha do Netflix sobre a liberação dos episódios de GoT! \o/

Sim, nós caímos, você caiu e quase todo mundo foi junto, mesmo sabendo da enorme rivalidade entre a marca e a HBO.

 

 

netflix

O 1º de abril é uma das mais tradicionais datas para as redes sociais, esperada pelo público que adora um zoeira na internet. É nesse dia que as mais variadas empresas colocam no ar milhares de pegadinhas ótimas, “lançam” os produtos mais bizarros e nos enganam direitinho.

 

A propaganda de oportunidade é uma das estratégias mais eficientes do marketing, e combina perfeitamente com o universo da social media, sempre relacionadas com memes momentâneos ou datas comemorativas. As “legalzices” ditam o tom da discurso quase sempre, e tornam o famoso Dia da Mentira uma data aguardada e muito mais interessante.

 

 

A já citada pegadinha do Netflix – como quase todas as pegadinhas épicas da data, foi mega elaborada. Foram criados três episódios da série GoT (Glauber, o Tijolo), além de um trailer nota 10 em termos de produção e trilha sonora instrumental, imitando perfeitamente a série da HBO.

play

Quem também adora nos pregar uma peça – mais voltada para a brincadeira do que para a pegadinha, é o Google, principalmente utilizando o ambiente do Google Maps. Em 2014 a ferramenta convidou os visitantes a caçarem Pokémons nos mapas. Em 2015 eles transformaram bairros e cidades inteiras em um gigante jogo de Pac-Man, e fizeram nerds e geeks no mundo todo chorarem de emoção. Já em 2016, o pessoal do Google uniu todo o groove dos anos 70 com os clássicos Funky para criar o #FunkyTown.

Já a Samsung brincou com as espessuras dos celulares e lançou um novo aparelho que, além de realizar chamadas e acessar a internet, também é(vejam só) uma FACA. Ótimo para incentivar a onda Gourmet que invade o mundo, não é mesmo?

captura_de_tela_2015-04-01_as_09.33.51

Mas nem só de super novidades tecnológicas vive o 1º de abril, e o Google (sempre ele) debochou de si mesmo e criou o novo Google Cardboard, um óculos de plástico de realidade não-virtual que cutuca o próprio Google Glass. Com ele, usuários poderão ignorar completamente a existência da realidade virtual e viver o mundo real com total imersão.

Mesmo que o foco sejam as brincadeiras, ainda assim é possível utilizar a data para um causa nobre, como “as mentiras que gostaríamos que fossem verdade”, campanha criada pela Prefeitura de Salvador. Eles fizeram parcerias com três grandes jornais da capital baiana e publicaram capas falsas (parecida com aquela ação que o Netflix fez no lançamento de House of Cards) com destaque para as tais mentiras que poderiam ser reais, falando sobre a erradicação do racismo, da violência doméstica e da homofobia. Que mundo maravilhoso seria esse que vivemos se essas capas fossem reais, hein?

salvador

 

Com um potencial cada vez mais criativo, o 1º de abril já se configura como uma das datas mais interessantes do ano.