Você certamente já ouviu falar de call to action, ou então a sua abreviação, CTA. Em uma tradução bem literal, o termo significa “chamada para ação”, e é este mesmo o objetivo do seu uso: indicar a uma pessoa qual é o próximo passo que deve ser realizado em determinada situação.

Se você prestar atenção, perceberá que todos os dias somos impactados pelos mais diferentes call to action’s. O famoso “clique aqui” e outras clássicas palavras de ordem estão presentes nos mais diferentes ambientes. Abaixo, alguns exemplos que fazem parte dos nossos dias:

“Empurre”

“Aberto”

“Entre, Ar Condicionado”

“Sorria, você está sendo filmado”

Ou até mesmo a luz verde em um semáforo

Todas essas sinalizações existem para indicar o que devemos fazer naquele contexto ou como interagir com determinado objeto

20160505_PostBlog796X400_CTA_v4

Também existentes e cada vez mais populares no meio online, os CTA são links ou funções de uma página que levam os usuários a realizar determinadas ações. Os tipos de call to action são os mais variados possíveis, e podem ser links de navegação, links para compras, links para formulários de inscrição, entre outros. Também podemos classificá-los da seguinte forma:

Primários: É o call to action que direciona para a funcionalidade da página. Como o básico exemplo do botão de comprar/adicionar ao carrinho dos sites de e-commerce.

Secundários: Ainda utilizando o exemplo dos sites de e-commerce, uma boa opção de CTA secundário é oferecer produtos relacionados em um ponto estratégico da página, além daquele produto inicial que despertou o interesse do consumidor.

20160505_Imagem5

Existem várias outras possibilidades, como fazer um cadastro para receber newsletter, preencher um formulário, fazer um download, pedir um orçamento, fazer um teste gratuito de software ou acessar um link de um post em um blog. Afinal, cada tipo de negócio tem suas peculiaridades e necessidades, e para cada uma delas existe uma opção personalizada de call to action.

Para montar um CTA de sucesso, você precisa saber o que os seus usuários desejam, o que eles buscam encontrar, para assim poder oferecer o que seus visitante desejam.

A cor utilizada também é extremamente importante na hora de definir como apresentar o seu CTA, pois cada cor se adaptará melhor à finalidade esperada:

20160505_Imagem03

– Vermelho: a cor vermelha tem um efeito marcante na percepção visual. Muito usada para avisos, além de ser uma cor perfeita para o botão “compre agora”.

– Amarelo: é a primeira cor que o olho humano consegue visualizar, e justamente por isso é tão utilizada em placas de trânsito.

– Laranja: tem um efeito menos marcante que o vermelho ou o amarelo, mas não menos interessante.

Montar CTAs atrativos e eficientes pode ajudar e muito na melhora da conversão de sites e blogs. E, assim como algumas das principais técnicas de SEO, não demanda grandes esforços ou técnicas complicadas, bastando apenas se apoiar na experiência do usuário e como ela pode ser melhorada.

Na parte 2 desse texto mostraremos os passos para montar um call to action de sucesso.